Artigos

Saúde mental e o trabalho

Saúde Empresarial

Você sabia que o estresse, depressão e a ansiedade são a terceira maior causa de afastamento no trabalho? Entretanto, a saúde emocional ainda é uma temática cercada de tabus e preconceito, principalmente, no ambiente corporativo. Com o intuito de vencer esse isso, e incentivar as pessoas a cuidar melhor da saúde emocional, neste mês é celebrado o Janeiro Branco, mês de conscientização sobre a saúde mental.

Abordar esse tema se tornou importante porque está crescendo o número de pessoas com esses tipos de problemas. Uma pesquisa da International Stress Management Association (Isma – Brasil), mostrou que 90% dos trabalhadores brasileiros possuem algum sintoma de ansiedade e/ou estresse. Além disso, de acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil é o país mais deprimido e ansioso da América Latina.

Problemas causados pelo estresse no trabalho

Um dos maiores desafios é entender quando o estresse normal da função passa a se tornar um problema. Cobranças excessivas, abuso moral, jornadas longas e falta de reconhecimento são alguns fatores que podem desencadear estresse nas pessoas.

Quando o estresse está afetando uma pessoa, síndromes como a de burnout podem ser diagnosticadas. Nesse caso, a pessoa sofre com um esgotamento crônico, sofrendo com dores de cabeça e no corpo, fadiga, dificuldades de concentração, perda de interesse, entre outros. Além disso, podendo levar a depressão.

Saúde mental: como ajudar

É importante que os gestores entendam que cada funcionário é um ser humano dotado de particularidades e inserido em um contexto histórico, cultural e familiar diferente. Portanto, o que pode parecer “normal”, para alguns, pode estar gerando danos mentais em outros.

Nesse ponto, priorizar uma cultura organizacional voltada ao colaborador é fundamental para assegurar a produtividade e a saúde mental do mesmo. Além de melhorar o ambiente e as condições de trabalho, a empresa deve buscar meios de não sobrecarregar os colaboradores e estimular um trabalho sadio.

Ajude a quebrar o preconceito, compartilhe este texto com seus conhecidos!